fechar
Musimagem_Header Desktop 1920x600

Programação digital

Ideias

Festival Musimagem – VII Encontro de Trilhas Sonoras

Programação digital

A sétima edição do Festival Musimagem chegou, em 2021, de forma totalmente virtual, com novas ferramentas tecnológicas e com diversas interações baseadas em X-Reality (realidade estendida). Entre os dias 23 e 29 de agosto,  intensas atrações compuseram a grade de programação do evento, como concertos, debates, games e oficinas não só para profissionais da área como também para o público em geral.

Nos “palcos virtuais” da programação, destaque para convidados nacionais, como Edu Lobo e Wagner Tiso, e internacionais, a exemplo de compositores como Heitor Pereira (Angry Birds; Smurfs; Minions), John Ottman (X-Man; Superman, o retorno), Bruce Broughton (Silverado), Richard Band (Re-Animator – A hora dos mortos vivos), Craig Safan (O último guerreiro das estrelas; Cheers), Ivan Martínez Lacamara e Manel Santisteban (A casa de papel).

Ineditismo tecnológico

Uma das novidades desta edição do Festival Musimagem foi a primeira sala de cinema virtual da América Latina, onde os usuários puderam entrar, simultaneamente, para assistir a curtas-metragem e interagir entre si, com a experiência de acesso multiusuário e com caráter interativo, por meio de chat e do uso de emojis. A sala propôs a simulação de um cinema real, com direito a escolha de avatar, de poltrona para assistir ao filme e, claro, de pegar a pipoca para uma experiência completa. 

A abertura do Festival, por sua vez, contou com duas ativações de jogos – “Passeio virtual” e “A música certa para a cena certa” –, que fazem um mergulho no universo da produção audiovisual das trilhas, músicas e do trabalho de pós-produção realizado nos estúdios. 

Jogo imersivo, o “Passeio virtual” oferece a possibilidade de o usuário conhecer os processos de pós-produção de áudio de um filme. Ao assumir o papel de produtor, o usuário realiza interação em 1ª pessoa, e acompanha diferentes profissionais de pós-produção de áudio, que precisarão de sua ajuda para “levar” o filme a cada etapa da finalização sonora: foley, música e edição de som, além da mixagem final. Por meio de equipamentos de imersão, como a câmera 360º, o público tem a sensação de estar dentro dos estúdios dos musimágicos, numa experiência que oferece interação com o universo da música e a possibilidade de acompanhar, virtualmente, a forma como é realizado o trabalho da criação de áudio em um filme.

No game “A música certa para a cena certa”, o usuário escolhe as músicas adequadas para várias cenas de filmes, divididas em diversos gêneros (terror, comédia, romance etc). São apresentadas várias opções de trilhas sonoras, sendo apenas a correta. Selecionada a música, a resposta certa é revelada, e o usuário avança à próxima cena.

O encerramento do Festival contou com a Orquestra Ouro Preto, em concerto online que ofereceu a possibilidade de inserir momentos de realidade aumentada, que dialogam com os temas tocados pelos músicos, de maneira a permitir maior integração entre o real e o virtual. 

Idealização e direção do Festival: Marcos Souza; Curadoria: Tim Rescala, Marcos Souza, Alberto Rosenblit, Felipe Radicetti, João Batista Melo; Produção Tecnológica: Studio XR; Orquestra convidada: Orquestra Ouro Preto.

Classificação indicativa: de acordo com a programação

Para conferir todo o Festival, acesse aqui a página do Musimagem no youtube.

Mais informações em https://festival.musimagembrasil.com

Galeria
Galeria Próxima Imagem
Galeria - Imagem Anterior