fechar

Cinema

III Festival Internacional de Cinema Fantástico de Brasília

Imagem de Calendário

22 a 30 de janeiro

Serviço


  • Local

    CCBB Brasília
    SCES, Trecho 2 – Brasília/DF
    Área externa e on – line


  • Horário

    Verifique os horários e a classificação indicativa na programação


  • Ingresso

    Entrada gratuita



Covid19

Fique atento às
recomendações.

Fique atento

O projeto será realizado de 22 a 30 de janeiro, incluindo oficinas infantis e sessões de curtas e longas na área externa coberta do centro cultural, e mostra online competitiva com acesso gratuito pela plataforma innsaei.tv.

Será um passeio pelos subgêneros do cinema fantástico: horror, ficção científica, fantasia e outras variações e que tragam à luz temas intrigantes para as novas gerações. Na programação, além de mostra brasileira, haverá um recorte internacional com participação de mais de trinta países.

O cinema fantástico fascina plateias desde os primórdios da sétima arte. Basta lembrarmos do pioneirismo de Viagem à Lua (1902), de Georges Méliès, ou dos assustadores protagonistas do Expressionismo Alemão em obras como O gabinete do Dr. Caligari (1920), O Golem (1920) e Nosferatu (1922) ou sucessos consagrados pelo grande público como Guerra nas Estrelas (1977), de George Lucas. Mostras e festivais de cinema fantástico são realizadas no mundo afora, assim como no Brasil, alcançando grande adesão de público.

Abertura

O festival começa oficialmente no dia 24 de janeiro, às 19h, com festa de abertura no CCBB, com Djs, projeção de curtas e praça de food trucks. Na ocasião, haverá ainda lançamento do livro N(ovo), do escritor e pesquisador Thiago de Barros. O autor apresentará também o audiolivro gravado por artistas da cena brasiliense em uma instalação sonora, além de desdobramentos da obra em pintura e assemblage. Em “N(ovo)”, diálogos e narrativas reúnem personalidades e personas de diferentes expressões artísticas e levam o leitor a uma imersão em biografias e pensamentos de nomes como Hilda Hilst, Caio Fernando Abreu, Clarice Lispector, Raul Seixas, entre outros.

Abertura – Dia 24/01/2022 – 19h
Mostra Secos e Molhados | 16 anos | 52 minutos

Film Found
Direção: Claudia Munksgaard-Palmqvist | Dinamarca, 2020, 4 minutos
Veja um erro que não é humano. Esteja presente na intervenção incontrolável do material. Entre o controle e o acaso, a superfície e o vazio, um filme será (talvez) encontrado.

Heart of Gold
Direção: Simon Filliot | França, 2020, 13 minutos
Quem não daria tudo por um filho? Uma mãe vê uma oportunidade de escapar das agruras de uma vida de pobreza vendendo seus órgãos a um vizinho idoso, muito rico e doente. E ela entrega sua própria carne em troca de ouro. Aos poucos, a necessidade dá lugar a um desejo por mais ouro.

The Picture of Mountain and Sea
Direção: Chia Ying Shen | Taiwan, 2020, 5 minutos
Bem no início do mundo, o espírito errante buscava sua própria existência. Esta é uma história sobre mitologia e reencarnação.

Corpseland
Direção: Yang Liu | França, 2020, 7 minutos
Um parque de diversões que tem sido usado com o propósito de ensinar e doutrinar crianças a crescerem como adultos para servirem a uma sociedade disfuncional, poluída e distorcida.

Calliope
Direção: Zsófia Csánki | Hungria, 2021, 8 minutos
Para aqueles que buscam aventuras ou a cura para a insatisfação e o tédio, o clube subterrâneo Calliope está de portas abertas. O sonho pode ser também um pesadelo e, será que você vai querer voltar?

Graves e Agudos em Construção
Direção: Walter Fernandes Jr. | Brasil, 2021, 14 minutos
Um pedreiro, uma prostituta e um menino que não se contentam com a falta de perspectiva de suas vidas decidem mudar de comportamento para transformar a sociedade atual.

The water will regret you
Direção: Marco Bentancor | Uruguai, 2020, 15 minutos
Em um barco à deriva, encontra-se um homem gravemente ferido. Ele está sozinho na natureza inóspita do rio, perseguido por uma criatura aquática que ameaça tirar sua vida. O homem guarda um segredo que logo emergirá da turvação da água.

Oficina de cinema pra crianças

Nos dias 22 e 23 de janeiro, às 10h e 11h, será realizada a Fantástica Oficina de Animação Infantil, para público de 6 a 10 anos, na sala do CCBB Educativo Brasília. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do festival tabatafilmes.com.br.

Programação paralela online

Discussões sobre o universo do gênero fantástico, incluindo cinema e literatura, também fazem parte da programação desta terceira edição do festival. Serão quatro mesas virtuais, transmitidas pelo Youtube FIC Fantástico.

Dia 26 Jan | Quarta-feira, 19h – Vamos pensar fora da caixinha? Cinema e Literatura Fantástica – bate papo com os escritores e diretores do cinema e literatura fantástica:

Thiago de Barros, Thiago Moysés, Tiago Belotti, Felipe Castilho e Bárbara Morais. Mediadora: Carissa Vieira

Dia 27 Jan | Quinta -feira, 15h – A Direção de arte no Cinema Fantástico – bate papo com o Brada – Coletivo de Diretoras de Arte com: Amanda De Stéfani, Fabiana Egrejas e Maíra Carvalho. Mediadora: Tainá Xavier

Dia 28 Jan | Sexta-feira, 15h – O Fantástico Cinema Brasileiro – bate papo com diretores/diretoras dos longas da mostra nacional competitiva: Mavi Simão (diretora do longa ” Terminal Praia Grande”, Brasil, 2019), Cleyton Xavier, Clara Chroma e Orlok Sombra (diretores do longa ”Rodson ou Onde o Sol Não Tem Dó”, Brasil, 2020), Renata Pinheiro (diretora do longa ”Carro Rei”, Brasil, 2021). Mediadores: Ulisses de Freitas e Thiago Moysés

Dia 29 Jan | Sábado, às 10h – Curtas Brasileiros FAntásticos – bate papo com diretores da mostra competitiva de curtas nacionais: Gabriel Arruda (produtor do curta-metragem “Aurora – a rua que queria ser um rio”, Brasil, 2021. Direção de Radhi Meron), Márcio Farias (Diretor do curta-metragem “Dual”, Brasil, 2021), Zeudi Souza (Diretor do curta-metragem “O Buraco”, Brasil, 2021), Walter Fernandes Jr. (Diretor do curta-metragem “Graves e Agudos em Construção”, Brasil, 2021). Mediadora: Josiane Osório

Mostra de filmes on line

Uma grande mostra competitiva totalmente online pode ser conferida de 25 a 28 de janeiro, com produções longas e curtas-metragens do Brasil e de outros 20 países, que trazem à tona temas intrigantes e fascinantes, como surrealismo, sobrenatural, futurismo e distopia. Os melhores filmes recebem troféus e serão escolhidos por júri especial e pelo voto popular com votação pela própria plataforma innsaei.tv.

Presencial

Nos dias 29 e 30 de janeiro, na área externa coberta do CCBB, a mostra Amarelinha traz sessões presenciais voltadas para o público infantil e infanto-juvenil. Serão duas sessões a cada dia, uma às 15h e outra, às 16h30. Acesso livre.

Encerramento

E para fechar o festival, sessão de encerramento e premiação online, dia 30 de janeiro, às 19h, com transmissão pelas redes sociais do festival.

Galeria


    Visite também