fechar
header

Teatro

Três Peças que Atravessam o Mar

Imagem de Calendário

26/06/24 a 22/07/24

Serviço


  • Classificação 14 anosClassificação 14 anos

  • Local

    Teatro II

  • Horário

    Quarta a segunda

  • Ingresso

    R$30,00 (inteira) e R$15,00 (meia) 

Adquirir ingressos Telefone

Covid 19

Fique atento às
recomendações.

Fique atento

 

Entre os dias 26 de junho e 22 de julho, o CCBB BH recebe o projeto teatral “Três Peças que Atravessam o Mar”, composto pelo espetáculo de dança-teatro “A Grande Onda de Kanagawa”, com texto de Lucas Vasconcellos; peça teatral “Os que Vêm com a Maré”, com texto de Sérgio Roveri; e pelo solo “Frankenstein – Fragmentos da Guerra”, também com texto de Roveri.  

A primeira estreia do projeto é "A Grande Onda de Kanagawa", dança-teatro com os bailarinos Eliatrice Gischewski e Samuel Samways e com direção de Leonardo Fernandes, inspirado na gravura de mesmo nome do artista japonês Katsushika Hokusai. Trilha sonora original criada e executada ao vivo por Thiago Miotto. A montagem fica em cartaz de 26/06 a 08/07, sempre às 20h, com duração de 45 minutos. 

O segundo espetáculo é "Os que Vêm com a Maré", que conta a história de um casal de idosos à beira-mar que aguardam pela balsa que virá buscar seu filho. No elenco estão Ivana Andrés, Luciano Luppi, Raquel Lauar e Vanessa Machado, com direção de Leonardo Fernandes. Trilha sonora original criada e executada ao vivo por Cecília Pacheco. A montagem fica em cartaz de 27/06 a 08/07, sempre às 21h, com duração de 50 minutos. 

A última peça é o solo do ator e diretor Leonardo Fernandes, com direção de Eliatrice Gischewski "Frankenstein - Fragmentos da Guerra", em cartaz de 10 a 22/07, às 20h, o qual é uma versão contemporânea da história do monstro. A montagem tem duração de 50 minutos. 

O projeto fica em cartaz no Teatro II, de quarta a segunda. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia), e estão disponíveis em nossa bilheteria e aqui.  

Clientes Banco do Brasil pagam meia-entrada com cartão Ourocard. 

Sobre os Espetáculos


    grandeonda1

    A Grande Onda de Kanagawa

    Data: de 26/06 a 08/07, quarta a segunda, às 20h 

    Duração: 45 minutos 

    Classificação Indicativa: 14 anos 

    Sinopse: Existem imagens que nos fascinam desde quando foram exibidas pela primeira vez, e que continuarão nos fascinando enquanto nos reconhecermos como espécie. Elas tocam em algo de essencialmente humano dentro de nós. Elas nos arrastam para dentro da tela. Qual quadro você habitaria até o fim dos tempos?  

    Com texto de Lucas Vasconcellos, a montagem é um espetáculo de dança-teatro inspirada na gravura “A Grande Onda de Kanagawa”, do artista japonês Katsushika Hokusai.  

    Maré2

    Os que Vêm com a Maré

    Data: de 27/06 a 08/07, quarta a segunda, às 21h.

    Estreia na quinta (27/06), no mesmo horário.  

    Duração: 50 minutos 

    Classificação Indicativa: 14 anos 

    Sinopse: Neste espetáculo, quatro atores e um harpista compõem a cena. A história se passa à beira-mar, onde um casal de idosos espera uma balsa vir buscar seu filho, que está indo para a cidade trabalhar. O que se revela, no entanto, é uma dolorosa realidade. 

    A peça foi escrita pelo dramaturgo Sérgio Roveri e o texto faz um mapeamento comovente de algumas relações familiares, revelando como a vida pode se apequenar quando não se alcançam os objetivos e quando os sonhos não se realizam. 

    frankenstein 2

    Frankenstein – Fragmentos da Guerra

    Data: de 10 a 22/07, quarta a segunda, às 20h  

    Duração: 50 minutos 

    Classificação Indicativa: 14 anos 

    Sinopse: A montagem é uma livre adaptação, em formato de monólogo, do clássico romance publicado em 1831 pela escritora britânica Mary Shelley. O texto, encenado por Leonardo Fernandes, atualiza, revigora e confere novas camadas de significado ao mito da criatura renegada pelo seu próprio criador. 

    Na peça, o dramaturgo Sérgio Roveri retira a criatura do seu berço no século XIX para situá-la nos horrores da guerra na Síria, quase 200 anos depois. Frankenstein se torna, desta maneira, um filho da guerra, um efeito colateral da ambição e do desatino humano. 

    Vinheta


      Veja também