fechar
arraial do ccbb

Eventos

Arraial do CCBB BH 2024

Imagem de Calendário

13/06/24 a 16/06/24

Serviço


  • Classificação LivreClassificação Livre

  • Local

    Área Externa e Pátio

  • Horário

    Quinta e sexta, das 16h às 20h | Sábado e domingo, das 11h às 20h

  • Ingresso

    Entrada gratuita, com retirada de ingresso (evento sujeito à lotação do espaço)

Adquirir ingressos Telefone

Covid 19

Fique atento às
recomendações.

Fique atento

 

Entre os dias 13 e 16 de junho, acontece a 3ª edição do Arraial do CCBB BH, com quadrilhas, atrações musicais e de dança, barracas de comidas e bebidas típicas, além de brincadeiras para as crianças. O evento comemora a festa junina, uma das celebrações mais populares e tradicionais do país.

Dentre as atrações, o público poderá assistir às apresentações das quadrilhas Fogo de Palha, Feijão Queimado e Casa do Chapéu, curtir a música das bandas Suvaco Xerôso, Pisa na Fulô e Trio Gandaiêra, dançar ao som do set da DJ Aída e participar de uma aula de forró com o professor Vito do Forró.

O Arraial também oferece atividades voltadas para crianças, como o espetáculo musical “A Incrível Quadrilha de um Homem Só”, o teatro de bonecos "Um Xêro um Dengo, Casamento de Mamulengo", o “Forró do Zé Pequeno para Baixinhos” e o show da banda “Arrasta Pezinho”.

O evento ainda conta com barracas de comidas, bebidas e brincadeiras típicas, que ficam abertas nos dias 13 e 14/06 (quinta e sexta), das 16h às 20h, e nos dias 15 e 16/06 (sábado e domingo), das 11h às 20h.

As atividades acontecem na área externa do CCBB, com exceção das quadrilhas, que ocorrem no pátio. A entrada é gratuita, mediante retirada de ingresso na bilheteria do CCBB BH e aqui.

O acesso ao evento é sujeito à lotação do espaço.

Programação


    Quinta-feira (13/06)

    16h às 20h – Barracas de comidas, bebidas e brincadeiras típicas (Área Externa)

    18h às 19h – Forró do Zé Pequeno para Baixinhos (Área Externa)    

    19h às 19h30 – Quadrilha Fogo de Palha (Pátio)    

    Sexta-feira (14/06)

    16h às 20h – Barracas de comidas, bebidas e brincadeiras típicas (Área Externa)

    16h às 17h – Teatro de Bonecos – Um Xêro um Dengo, Casamento de Mamulengo (Área Externa)   

    17h às 18h – DJ Aída (Área Externa)    

    18h às 20h – Banda Suvaco Xerôso (Área Externa)    

    Sábado (15/06)

    11h às 20h – Barracas de comidas, bebidas e brincadeiras típicas (Área Externa)

    14h às 15h – A Incrível Quadrilha de um Homem Só (Área Externa)    

    15h às 16h – DJ Aída (Área Externa)    

    16h às 17h – Aula de Forró, com Vito Do Forró (Área Externa)

    17h às 17h30 – Quadrilha Feijão Queimado (Pátio) 

    18h às 19h30 – Banda Pisa na Fulô (Área Externa)

    Domingo (16/06)     

    11h às 20h – Barracas de comidas, bebidas e brincadeiras típicas (Área Externa)

    13h às 14h30 – Arrasta Pezinho (Área Externa)    

    15h30 às 16h30 – Teatro de Bonecos – Um Xêro um Dengo, Casamento de Mamulengo (Área Externa)   

    17h às 17h30 – Quadrilha Casa do Chapéu (Pátio) 

    18h às 20h – Banda Trio Gandaiêra (Área Externa)       

    Sobre as Atrações


      Forró do Zé Pequeno para Baixinhos

      O Forró do Zé Pequeno para Baixinhos é um show de forró tradicional, com os clássicos do gênero, como Luiz Gonzaga e Dominguinhos, que dialoga com a temática da festa junina e com a cultura popular. Cantigas de roda, brincadeiras tradicionais e interativas, além de uma animada quadrilha promovem uma festa junina leve e divertida para crianças de todas as idades.

      Quadrilha Fogo de Palha

      Fundada no ano de 2005 no bairro Alto Vera Cruz, na região leste de Belo Horizonte, a Associação Cultural de Quadrilha Fogo de Palha tem como objetivo valorizar e fortalecer a cultura junina mineira. Formada por mais de 90 componentes, a quadrilha é representada pelas cores preto, vermelho e amarelo, e nos últimos anos tem se destacado no cenário junino mineiro, figurando sempre entre as quadrilhas campeãs do Arraial de Belo Horizonte.

      Este ano, para abrilhantar ainda mais sua apresentação, a Fogo de Palha realiza uma homenagem ao eterno ídolo brasileiro, com o tema: “Ayrton Senna – Campeão na Terra, Santo no Céu!”.   

      Teatro de Bonecos - Um Xêro um Dengo, Casamento de Mamulengo

      Neste teatro de bonecos, Rosinha e Chico Pirulito vão se casar e convidam toda a cidade de Xorropotó para ver. O que eles não esperavam é que o casamento seria uma grande confusão. Será  que essa presepada terá solução? 

      O texto tem criação coletiva das crianças da cidade de São Francisco, norte de Minas (Lara, Linda, Adrian, Beatriz, Matheus e Arthur); os bonecos são manipulados por Bárbara Flor e Gabriel Coupe e idealizados por Mestra Benedita, Catarina Calungueira, Mestra Cida Lopes, Bárbara Flor e Mestre Bibiu de Saúba; e Gabriel Coupe fica a cargo da música do espetáculo, tocando sanfona. 

      DJ Aída

      Produtora cultural e DJ, Aída atua em eventos e festivais, como Savassi Festival, Carnaval Belotur, Festival Sarará, Tudo é Jazz, Made in Minas Gerais, dentre outros. Amante do rock, soul, jazz e pop, transita por estilos diversos, explorando ritmos e sotaques da boa música, de todas as épocas e origens.

      Banda Suvaco Xerôso

      Formada em 2018, a banda Suvaco Xerôso foi criada com o intuito de promover o ritmo do forró tradicional, em diálogo com outros estilos musicais dançantes da música popular brasileira. Em sua formação estão os músicos David Lima (baixo e vocais), Geovane Sassá (percussão e vocais), Júlio Vianna (vocalista), Rafael Tibeiça (triângulo e caixa) e Thiago Gazzinelli (sanfona e vocais).     

      Com um repertório eclético, a Suvaco Xerôso interpreta canções de estrelas consagradas, como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Fagner, Zé Ramalho, Gal Costa, Elba Ramalho, além de pérolas e releituras musicais de autores e intérpretes da MPB, como Marinês, Cátia de França, Hermeto Pascoal, Edu Lobo, Mestre Ambrósio, Xangai, Trio Nordestino, Flávio José e Raimundo Sodré.     

      A Incrível Quadrilha de um Homem Só

      “A Incrível Quadrilha de um Homem Só” é um espetáculo musical brincante do Palhaço Buzuzungo, para todas as idades. O palhaço marcou de animar uma quadrilha, mas esqueceu de contratar os músicos. Agora, ele vai ter que tocar todos os instrumentos sozinho e animar a festa. Como é que vai terminar essa brincadeira? Com a ajuda do público, Buzuzungo anima a festa junina e diverte crianças de todas as idades.

      O espetáculo é idealizado por Gabriel Coupe, o qual também atua como o personagem principal. Ator formado pelo Teatro Universitário da UFMG, Gabriel trabalha desde 2010 com teatro, circo e música, em espetáculos para a rua e espaços alternativos.

      Vito do Forró

      Vito Julião é professor de Forró Dança e produtor cultural. Começou sua trajetória ao vir de São Paulo para Belo Horizonte. Seu primeiro contato com o forró foi através da música, trazendo em sua bagagem discos de Luiz Gonzaga e Falamansa, que seus avós paraibanos costumavam ouvir.  

      Ao chegar em terras mineiras, conheceu o Forró Dança e se apaixonou. De lá para cá, são 13 anos de estudo e pesquisa, passando pelos mais diversos estilos, como Universitário e Roots, fixando seu estilo dentro do Pé de Serra. Em BH, Vito se dedica à pesquisa sobre a história do forró na cidade, e é o atual professor do Ziriguidun, tradicional casa de forró da capital mineira.

      Quadrilha Feijão Queimado

      O “Feijão Queimado” surgiu em maio de 1980. Grupo de origem familiar, rapidamente ganhou novos adeptos para “quadrilhar”, tornando-se uma grande referência social e cultural para a comunidade. 44 anos depois, coleciona inúmeros títulos por sua participação em diversos concursos Brasil afora, sendo 13 vezes campeão do Arraial de Belo Horizonte (1990, 1994, 1995, 2000, 2003, 2005, 2006, 2008, 2010, 2012, 2014, 2015 e 2022). 

      Pisa na Fulô

      O Pisa na Fulô é um bloco de forró carnavalesco que agita, desde 2015, as terças de carnaval de Belo Horizonte e já é referência no cenário artístico da cidade. Sua proposta é cultivar e propagar a cultura nordestina através da música e garantir uma pitada de chamego ao público folião. Como repertório, o Pisa inclui desde os clássicos nordestinos, como Gonzagão e Dominguinhos, até grandes nomes da música contemporânea, como Mariana Aydar, e passeia por todos os ritmos do forró: xote, xaxado, baião e rastapé.

      A banda do bloco conta com as vozes das cantoras Drica Mitre e Gabi Salomão, as sanfonas de Thiago Gazinelli e Max Hebert e o groove do trio de percussionistas – Daniela Ponce, Pedro Gontijo e Rafa Tibeiça – que se dividem entre zabumba, congas, caixa, pandeiro, triângulo e agogô de coco.

      Arrasta Pezinho

      Neste espetáculo, a Cia. Pé de Moleque apresenta um repertório repleto de canções e brincadeiras tradicionais típicas das festas juninas, incluindo alguns clássicos, como “Asa Branca”, “Anunciação” e “Esperando na Janela”. Participam da apresentação os integrantes Isaac Luís (voz e violão), Juliana Daher (voz) e os músicos convidados Rifferson Gomes (percussão) e Guilherme Guedes (violão).

      Quadrilha Casa do Chapéu

      Em vinte anos de existência, o Grupo Cultural de Quadrilha Casa do Chapéu segue firme atuando na preservação e divulgação das festas e costumes juninos. Caracterizado pela inovação na coreografia e sem perder a tradição, o grupo vem se destacando pela alegria e descontração durante as apresentações em diversos eventos folclóricos e culturais.

      Para a temporada de 2024, a Quadrilha Casa do Chapéu traz o tema ” A Lua e o Sol”. De forma animada e divertida, o grupo apresenta durante a sua coreografia uma festa de casamento caipira, através da representação das figuras da noiva, como Lua, e do noivo, como o Sol, mostrando ao público que, através do amor, tudo é possível.

      Trio Gandaiêra

      Nascido no ano de 2000, o Trio Gandaiêra é formado por três amigos frequentadores de casas de forró de Belo Horizonte – Cristiano Asa Branca (zabumba), Danilo Alves (sanfona) e Daniel Gouvêia (triângulo) – que se unem com o desejo de tocar o verdadeiro forró pé-de-serra.

      O repertório inclui os mestres Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Raimundo Fagner, Trio Nordestino, Trio Forrozão, Trio Virgulino, Alceu Valença, Flávio José, Santana, dentre outros. Ao longo dos anos, o Trio já se apresentou nas principais casas de shows de Belo Horizonte e em diversos eventos em cidades do interior de Minas Gerais, levando ao público a tradição do forró.

      Galeria